Funcine

INVISTA EM UM PRODUTO
COM BENEFÍCIOS FISCAIS E
FOMENTE O CENÁRIO
AUDIOVISUAL BRASILEIRO

Os Funcines são fundos de investimento que têm como objetivo fomentar o mercado audiovisual a possibilidade de dedução fiscal para o Investidor Privado

Ideal para quem busca

O investidor Pessoa Física optante pela declaração completa do Imposto de Renda pode utilizar até 6% (seis por cento) do seu Imposto de Renda a pagar na compra de cotas de Funcine.

Enquanto isso, o Investidor Pessoas Jurídica optante pelo Lucro Real pode utilizar até 3% (três por cento) do seu Imposto de Renda devido, a pagar na compra de cotas de Funcine.

Imagine, por exemplo, uma pessoa física que ao fazer sua declaração de Imposto de Renda, descobre que a mordida do Leão sobre seus rendimentos será de R$ 100 mil. Nesse caso, esse contribuinte pode aplicar até R$ 6 mil em um fundo da categoria Funcine e ter benefícios na restituição do seu imposto de renda no ano seguinte.

Com isso, o investidor seria restituído em sua próxima declaração por essa aplicação e ainda continuaria com a cota do Fundo. A cota irá rentabilizar, conforme os investimentos e o investidor teria ainda a possibilidade de auferir os eventuais ganhos do fundo com suas amortizações e a sua liquidação.

Não importa se a mordida do Leão tiver sido aos poucos ao longo do ano. Caso o investidor tenha um valor a restituir, o valor adquirido em cotas, no limite de 6% do imposto de renda efetivamente devido, será acrescido ao valor que ele tiver a receber.

Onde os FUNCINEs investem?

Eles podem investir em vários elos da cadeia audiovisual:

Tributação

Os recebimento ganho em até 5 anos a contar da data da compra da cota com benefício fiscal são tributados em 20% (vinte por cento) sobre o todo (principal + lucro).

Os recebimento ganhos 5 anos após a da data da compra da cota com benefício fiscal serão tributados em 20% (vinte por cento) apenas sobre o ganho de capital.

Principais Dúvidas

Zero! O processo é 100% legal, regulado pela Receita Federal, pela Ancine, e pela CVM, sob a Medida Provisória nº 2.228-1 de 6 de setembro de 2001, a Instrução Normativa n.º 80 da Ancine, a Instrução n.º 398 da CVM.

O investidor receberá um recibo de 1° adquirentes da compra de cota, cujas informações deverão ser lançadas na declaração do imposto de renda.

Sim. No caso de ter imposto a pagar, a dedução fiscal abaterá o quanto ele tiver a pagar, e se tiver a restituir, aumentará o valor a receber.

O Funcine concorre diretamente com a Lei Rouanet, mas não com outros mecanismos, como a Lei do Esporte, do Idoso, o Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) e o Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PDC).

Você está a um passo para investir com mais segurança e tranquilidade.
Crie sua conta agora


Preencha com seu nome

Preencha com seu e-mail

Preencha com seu telefone

Está com dúvidas? Entre em contato com a gente!

ENTRE EM CONTATO

As informações contidas nesta apresentação não podem ser consideradas como única fonte de informações no processo decisório do investidor, que, antes de tomar qualquer decisão, deverá realizar uma avaliação minuciosa do produto e respectivos riscos, face aos seus objetivos pessoais e ao seu perfil de risco ("Suitability"). RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA. Assim, não é possível prever o desempenho futuro de um investimento a partir da variação de seu valor de mercado no passado. O BTG não assume que os investidores vão obter lucros, nem se responsabiliza pelas perdas. FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTAM COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. É recomendada a leitura cuidadosa do Formulário de Informações Complementares e regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos.

Anbima Anbima