Análise Política - Governo Michel Temer [Vídeo]

Recebemos na sede do BTG Pactual, em São Paulo, a visita do cientista político Luciano Dias para esclarecer a atual situação política do País e quais são as perspectivas em relação ao governo do Presidente Michel Temer.

BTG Pactual digital: A divulgação da delação dos executivos da JBS lançou o país numa gravíssima crise política. O presidente Temer tem afirmado que não renunciará, e montou uma estratégia jurídico-política de sobrevivência. Como você avalia a probabilidade de que a estratégia do presidente seja bem sucedida a médio prazo?

Luciano Dias: Olha, a estratégia se testa no campo de batalha e o que a gente tem visto é que essa estratégia vem funcionando.

Ela funciona por dois motivos fundamentais: primeiro porque a maioria existe, a maioria é uma maioria sólida no Congresso, e essa maioria é a âncora do governo. Qualquer tarefa que o governo defina como relevante no Congresso ele consegue fazer, entende?

Ele vem conseguindo manter esse fluxo de decisões legislativas, que na verdade tranquilizam o país e tranquilizam a própria maioria, porque ela mesmo vê que está agindo coletivamente.

E ao mesmo tempo, à medida em que essa própria maioria é bem sucedida na definição desses objetivos, o próprio presidente vai se revelando como a melhor opção para essa maioria.

Qualquer outro candidato, qualquer outra opção, envolveria uma mudança completa no ministério, e isso deixariam muito tristes os atuais ministros. Deixariam tristes também as outras pessoas que são nomeadas por esse ministro.

Então o que acontece é que a estratégia do Temer é baseada em um fato muito importante da política brasileira, que é o poder da caneta – o poder de nomear e fazer com que o Congresso tome decisões, o chamado “controle da agenda”.

A estratégia do presidente Temer nesses dias que sucedem a crise está sendo bem sucedida e a se a gente olhar pra frente, ela tem condições de sobreviver a longo prazo.

É claro que vulnerável aos eventos do noticiário, a outros fatos e outras negociações, mas como estratégia de sobrevivência, no curto prazo, ela está funcionando e já funcionou.

Confira as outras respostas sobre o futuro do Brasil e eleições em 2018 no vídeo abaixo:

***

O Grupo BTG Pactual não fornece opiniões jurídicas ou tributárias. Sendo assim, essa apresentação não constitui aconselhamento legal de qualquer natureza. Essa apresentação é um breve resumo de cunho meramente informativo, não configurando consultoria, oferta, solicitação de oferta, ou recomendação para a compra ou venda de qualquer investimento ou produto específico. Embora as informações e opiniões expressas aqui tenham sido obtidas de fontes confiáveis e fidedignas, nenhuma garantia ou responsabilidade, expressa ou implícita, é feita a respeito da exatidão, fidelidade e/ou totalidade das informações. Ressaltamos também, que as opiniões expressas neste material refletem a opinião do respectivo profissional convidado e não necessariamente expressam a opinião do BTG Pactual, não devendo ser tratadas como tal.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário 2

  1. Excelente análise do Luciano Dias, de fato o governo ainda esta com a maioria, apesar de toda mobilização da oposição em defesa dos interesses partidários e sindicais.

    Além do novo modelo previdenciário, acrescentaria a necessidade da aprovação das propostas trabalhistas e de terceirização como meio de sairmos desta crise, pois somente com pleno emprego da população teremos o crescimento do consumo e por consequência, novos investimentos por parte dos empresários.

    Que os responsáveis pelos desvios sejam efetivamente punidos e que Deus nos abençoe com tempos melhores.

  2. Reportagem de conteúdo político e bem definido pelo canal para orientação pedagógica e ensino aos eleitores.