Poupança: saiba como funcionam as “novas” regras

Como todos sabem, o COPOM reduziu novamente a taxa básica de juros, a Selic, para 8,25%. O que talvez nem todos saibam, é que a poupança possui regras diferentes para rentabilizar o seu dinheiro em função do valor da taxa Selic. Essa nova regra foi implementada no dia 4 de maio de 2012, após vermos uma disparidade entre o rendimento da poupança e outros ativos de renda fixa. Como a Selic na época vinha caindo vertiginosamente, a poupança começou a ser um investimento realmente bom (difícil de acreditar, mas é verdade), devido a sua regra de rentabilizar 0,5% ao mês + TR o investimento e ainda contar com a isenção do imposto de renda. Assim sendo, o governo interveio e realizou a mudança da regra de rentabilização da poupança, passando a ter dois tipos de regras, uma para a Selic acima ou igual a 8,5%, e outra para a Selic abaixo de 8,5%.

Cenário 1: Selic acima ou igual a 8,5% ao ano

Nesse cenário a poupança rentabiliza seu dinheiro do jeito que sempre aconteceu, o seu dinheiro será corrigido pela TR + 0,5% ao mês na data de aniversário da sua aplicação. Lembrando que a poupança tem isenção de imposto de renda. Por exemplo, se a TR for de 0,03% no mês, o seu dinheiro será rentabilizado pela taxa de 0,53% (TR + 0,5%). Se você tiver R$ 1.000,00 aplicados, você receberá R$ 5,30 na data de aniversário do investimento. Um ponto importante é que se o seu investimento foi realizado antes de 04 de maio de 2012, a regra “nova” não é aplicável.

Cenário 2 (atual): Selic abaixo de 8,5% ao ano

Nesse segundo cenário, e atual, temos a “nova” regra da poupança valendo. A regra é simples, o seu dinheiro será rentabilizado por 70% da Selic + TR na data de aniversário da aplicação. A regra de isenção de imposto continua valendo. Agora, comparando com o caso anterior: se tivéssemos uma Selic de 8,25% ao ano e uma TR de 0,03% ao mês (mesmo valor do exemplo anterior para facilitar a comparação) teríamos uma taxa mensal de retorno de 0,5113% ao mês (0,4813% + 0,03%). Se aplicarmos os mesmos R$ 1,000.00, teremos R$ 5,11 ao final do mês. Pode parecer pequena a diferença, mas o efeito dos juros compostos durante algum tempo sobre essa pequena diferença pode comer boa fatia da sua rentabilidade.

Resumo da regra:

Comparação: LCA (93% do CDI), Poupança regra antiga e nova com Selic a 8,25% ao ano (TR: 0,3%)

 

Deixe seu comentário 0