EUA: Inflação volta a recuar em maio

O Índice de Preços ao Consumidor (CPI) surpreendeu para baixo pelo terceiro mês seguido. Uma deflação de -0,13% ao mês foi apresentada pelo índice cheio, voltando a deixar a variação anual abaixo de 2,0% depois de 5 meses. Tanto a queda nos preços da gasolina (-6,4% ao mês) quanto de energia (-2,7% ao mês) foram determinantes para este resultado. Mesmo com a sutil alta do núcleo do CPI em 0,1% ao mês, houve desaceleração comparada a maio do ano passado (1,9% para 1,7% ao ano). Neste sentido, ocorreu uma interrupção na trajetória anual da inflação acima de 2,0%, que vinha apresentando sinais sólidos desde novembro de 2015. O Fed (Banco Central americano) indicou que irá monitorar atentamente os dados de inflação para analisar se o cenário básico, o qual contempla mais uma alta de juros neste ano, precisará ser alterado.

Deixe seu comentário 0