Estabilização da taxa de desemprego

boletim_03.07
Fonte: IBGE e BTG Pactual (ajuste sazonal)

A taxa de desemprego ficou em 13,3% no trimestre encerrado em maio de 2017, abaixo da nossa estimativa de 13,5% e das expectativas do mercado, de 13,6%. De acordo com nosso ajuste sazonal, a taxa de desemprego parece estar se estabilizando: na verdade, ela caiu em maio pela primeira vez desde outubro de 2014 (-0.1 p.p. para 13.1%). A notícia negativa ficou com a composição do emprego: houve queda nos empregos privados formais na economia, enquanto o segmento informal e o trabalho por conta própria (36% dos que trabalham) continuam fortes. Enquanto isso, a queda da inflação continua impulsionando os salários em termos reais. Embora o desemprego no Brasil permaneça elevado, a boa notícia do relatório da última sexta foi a estabilização dos níveis de emprego e taxa de desemprego.

Deixe seu comentário 0