Investimentos

PGBL ou VGBL: qual plano de Previdência Privada é melhor?

Está em dúvida entre investir em PGBL ou VGBL? Não tem certeza de quais são as principais vantagens e características de cada uma dessas modalidades de previdência privada?

O que é PGBL?

A sigla PGBL significa Programa Gerador de Benefício Livre. Essa é uma das principais formas de investimento em previdência privada hoje no Brasil. Para entender se isso faz sentido para você como investimento, é preciso entender como você declara o Imposto de Renda. Modelo completo ou simplificado? Essa pergunta faz sentido porque a grande vantagem associada ao PGBL diz respeito à desoneração fiscal.

Quem faz a declaração de Imposto de Renda completa, por exemplo, poderá abater, em cima da base de cálculo do IR, até 12% do total da renda bruta tributável (salários, aluguéis, pensões etc). Dessa maneira, um sujeito com renda bruta anual de R$ 200 mil poderá obter um desconto de até R$ 24 mil por ano. Mas atenção: só é possível usufruir de tal benefício, desde que contribua regularmente para o INSS.

Além disso, quem adere ao regime simplificado de declaração do Imposto de Renda também não poderá deduzir a aplicação da base de cálculo do IR.

O que é VGBL?

VGBL é a sigla para Vida Gerador de Benefício Livre. Diferentemente do PGBL, esse investimento é destinado a pessoas que optam pela declaração simplificada do Imposto de Renda. Isso é, ao declarar o IR, opta-se pelo desconto padrão de 20%, o que implica em abrir mão de outras formas de desoneração.

Tendo isso em vista, mais uma vez, surge a pergunta: por que aderir ao VGBL se eu não terei desconto no Imposto de Renda? Nenhuma dedução, de fato, acontece. Ao mesmo tempo, a tributação será significativamente menor se comparado ao PGBL.

Pelo VGBL, somente a rentabilidade do plano é tributada. Na prática, isso significa que, ao final de um ano, um investimento de R$ 10 mil que tenha rendido R$ 150,00, ou seja, passado 12 meses o valor total chegou a R$ 10.150,00, não será integralmente tributo. Os impostos incidirão apenas sobre o valor de R$ 150,00.

Modalidades de aplicação de investimento

A modalidade da aplicação é outra variável que precisa ser bem avaliada pela pessoa. Isso porque ela está associada à forma como o investidor será tributado no momento do resgate. Dessa maneira, ao aderir a um plano de previdência privada – seja ele PGBL ou VGBL -, você será convidado a escolher entre dois tipos de regime de tributação: o progressivo compensável e o regressivo definitivo.

Pelo progressivo, o investidor será tributado pela mesma lógica utilizada para os salários e outros rendimentos na declaração de Imposto de Renda. Isso é, quanto maior o resgate, maior a alíquota de imposto, sendo que 15% será cobrado no momento do resgate, a título de antecipação de imposto.

Existe uma tabela atualizada anualmente pela Receita Federal que define os percentuais que incidirão sobre as faixas de renda. Devido a essa conformação, o regime progressivo compensa para quem acredita que não terá um rendimento mensal muito elevado durante a aposentadoria.

Para a tabela progressiva em vigência hoje, um rendimento mensal de até R$ 2 mil, em média, não é tributado, enquanto que quem recebe mais de R$ 4,6 mil, aproximadamente, “sofre” com uma alíquota de 27,5%. Outro ponto a ser destacado em relação ao regime progressivo é o fato dele ser compensável – daí o nome regime progressivo compensável.

O regime regressivo, por sua vez, premia os investimentos de longa duração. Na prática, isso significa que, quanto maior o tempo para o resgate, menor a tributação sobre o valor resgatado. Dessa maneira, se você resgatar o seu plano de previdência em um intervalo de 2 anos – algo nada recomendado – você terá uma alíquota de imposto de 35% sobre o montante de recursos.

Mas se o período para o resgate for de 10 anos, a mesma alíquota cai para 10%. Nesse caso, estamos falando da menor taxa para aplicações financeiras que não se beneficiam de isenção de Imposto de Renda encontrada no mercado.

Como investir em Previdência Privada com o BTG Pactual digital

Se você está pensando em investir em PGBL ou VGBL, o melhor caminho é aplicar por meio de uma instituição sólida e segura como o BTG Pactual digital.

Seus fundos de previdência privada oferecem algumas das maiores rentabilidades do mercado brasileiro. Eles funcionam como uma mistura de fundo de investimento e instrumento de poupança, em que você decide com quanto irá contribuir e quando e de qual forma irá sacar os valores.

Assim, você pode resgatar o saldo em parcelas por um período determinado ou de forma vitalícia.

Lembre-se, nessa hora, que a previdência privada oferece risco baixo a moderado. O principal perigo é a necessidade de um saque antes da hora.

No Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL), o Imposto de Renda incide apenas sobre a valorização dos recursos, e não sobre o total do investimento.

Veja as opções de previdência privada do BTG Pactual digital

Além da previdência privada, o BTG Pactual digital oferece também excelentes opções de investimentos em renda fixa, que podem compor um portfólio com bom retorno e previsibilidade no longo prazo.

Veja como é fácil abrir uma conta:

  1. Cadastro sem sair de casa: Basta acessar o site do BTG Pactual digital, preencher alguns dados e enviar comprovante de residência, foto do RG e uma selfie. Depois disso, aguarde um retorno por e-mail.
  2. Descubra seu perfil de investidor: responda a um pequeno questionário para desvendar sua tolerância ao risco e o tipo de investimento que mais combina com você.
  3. Transfira o dinheiro: Envie o dinheiro de sua conta bancária para sua nova conta do BTG Pactual digital.
  4. Consulte um dos assessores: você terá o auxílio de um assessor especializado que o orientará passo a passo em suas aplicações.
  5. Acompanhe os investimentos: através do site do aplicativo, você pode consultar a qualquer momento suas posições e rendimentos.
  6. Tenha acesso a relatórios personalizados: periodicamente, você terá acesso a relatórios completos com todos os resultados de suas aplicações.

 

Deixe seu comentário 1

  1. Artigo mais completo que encontrei sobre o assunto, muito bom! Eu ainda acredito que a previdência privada é o melhor caminho a se seguir

ABRA SUA CONTA E COMECE A INVESTIR!

ABRA SUA CONTA
  • Cadastro 100% Online.
  • Sem custo para abertura, manutenção de conta e envio de TED ou DOC.
  • Tire suas dúvidas por telefone, e-mail ou chat com nossos assessores de investimento.

O Grupo BTG Pactual (“BTG Pactual”) não fornece opiniões jurídicas ou tributárias. Sendo assim, essa apresentação não constitui aconselhamento legal de qualquer natureza. Essa apresentação é um breve resumo de cunho meramente informativo, não configurando análise de valores mobiliários nos termos da Instrução CVM Nº 598, de 03 de maio de 2018, e não tendo como objetivo a consultoria, oferta, solicitação de oferta e/ou recomendação para a compra ou venda de qualquer investimento e/ou produto específico. Embora as informações e opiniões expressas aqui tenham sido obtidas de fontes confiáveis e fidedignas, nenhuma garantia ou responsabilidade, expressa ou implícita é feita a respeito da exatidão, fidelidade e/ou totalidade das informações. Todas as informações, opiniões e valores eventualmente indicados estão sujeitos à alteração sem prévio aviso. Ressaltamos também, que as opiniões expressas neste material refletem a opinião do respectivo profissional convidado e não necessariamente expressam a opinião do BTG Pactual, não devendo ser tratadas como tal. As informações contidas nesta apresentação não podem ser consideradas como única fonte de informações no processo decisório do investidor, que, antes de tomar qualquer decisão, deverá realizar uma avaliação minuciosa do produto e respectivos riscos, face aos seus objetivos pessoais e ao seu perfil de risco ("Suitability"). Para maiores informações, acesse www.btgpactualdigital.com

Os riscos da operação com títulos de renda fixa (CDB, LCI e LCA) estão na capacidade de o emissor honrar a dívida; na impossibilidade de venda do título ou na ausência de investidores interessados em adquiri-lo; e na possibilidade de variação da taxa de juros e dos indexadores. É importante a adequada compreensão da natureza, forma de rentabilidade e riscos dos títulos de renda fixa antes da sua aquisição. CDB, LCI e LCA contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante a devolução do principal investido acrescido de juros referente a rendimentos, na hipótese da incapacidade de pagamento da instituição financeira, de até R$ 250 mil reais por CPF e por instituição financeira, considerando o limite de garantia de R$ 1 milhão para cada período de quatro anos.

FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTAM COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA. E recomendada a leitura cuidadosa do Formulário de Informações Complementares e Regulamento do Fundo de Investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos.

Ressaltamos que as opiniões e projeções referente COE, aqui apresentadas representam a opinião da área Structured Products do BTG Pactual, mas não necessariamente a opinião institucional do BTG Pactual, podendo o BTG Pactual, suas subsidiárias e/ou seus empregados podem, eventualmente, possuir uma posição comprada ou vendida, atuar em nome próprio e/ou como coordenador ou agente em operações envolvendo ações ou demais investimentos relevantes. COE NÃO CONTA COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA.

Os regulamentos completos dos Planos de Previdência da BTG Pactual Vida e Previdência S/A deverão ser lidos previamente a sua contratação. Os direitos e obrigações das partes estão definidos na Proposta e nos Regulamentos do plano contratado. É recomendada a leitura cuidadosa do regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. O registro do plano na Susep não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação de comercialização. O Participante/Segurado poderá consultar a situação cadastral de seu corretor de seguros no site www.susep.gov.br, por meio do número de seu registro na Susep, nome completo, CNPJ ou CPF. BTG Pactual Vida e Previdência S/A - CNPJ: 19.449.767/0001-20. Processos SUSEP PGBL: 15414.901924/2014-44 e VGBL: 15414.901922/2014-55.

Fundos de investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de créditos FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura. É recomendada a leitura cuidadosa do prospecto e regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. Os investidores devem estar preparados para aceitar os riscos inerentes aos diversos mercados em que os fundos atuam e, consequentemente, possíveis variações no patrimônio investido. Os produtos e serviços aqui mencionados podem não estar disponíveis em todas as jurisdições ou para determinadas categorias de investidores. Adicionalmente, a legislação e regulamentação de proteção a investidores de determinadas jurisdições/países, pode não se aplicar a produtos e serviços registrados em outras jurisdições/países, sujeitos à legislação e regulamentação respectivamente aplicáveis, além de previsões contratuais específicas.

Anbima Anbima