Investimentos

10 Livros sobre Investimentos que todo investidor deve ler

Em busca de livros sobre investimentos para aplicar melhor seu dinheiro? Ler é sempre uma excelente opção!

Apenas com o conhecimento é que você poderá se diferenciar em um universo de termos técnicos, palavras em inglês, siglas estranhas e um dicionário próprio e normalmente distante da população brasileira.

Então, para ajudar nessa tarefa, selecionamos neste post algumas dicas de livros que vão levar o seu conhecimento sobre finanças e investimentos para um novo patamar.

Neste artigo, você vai conhecer livros que tratam dos seguintes temas:

  • Conceitos básicos de finanças
  • Histórias e ensinamentos para quem mira a renda variável
  • Educação financeira para o dia a dia
  • Hábitos e ideias de investidores milionários.

Por que ler sobre investimentos

Investir é um universo distante para grande parte da população brasileira.

Infelizmente, os anos de instabilidade econômica especialmente nas décadas de 1970 e 1980, não ajudaram a criar uma cultura que incentive a busca por maior lucratividade.

Felizmente a estabilidade chegou na década de 1990 e abriu novas janelas de oportunidades a uma grande parcela da população.

Felizmente, também, muitas orientações para investir podem ser obtidas na literatura produzida sobre o assunto e podem ser aplicadas na vida real.

Como já dissemos em outras oportunidades, não existe mágica quando o assunto é rentabilizar as economias.

Existe é muita pesquisa e esforço que serão recompensados quando o lucro vier e proporcionar uma vida mais tranquila.

Aqui seguem 10 livros com dicas e orientações valiosas para se aventurar nesse universo.

1. Pai Rico, Pai Pobre

Este é um dos livros mais conhecidos em todo o mundo quando o assunto é finanças pessoais.

O autor é o empresário norte-americano Robert T.Kiyosaki. Na obra, ele transmite de forma clara diversos conceitos relacionados a dinheiro e educação financeira a partir de suas próprias experiências e histórias.

O título se refere aos dois “pais” do autor. O “pai pobre” é uma referência ao pai biológico de Kiyosaki e o “pai rico” é o pai de um de seus amigos e que transmite ao autor diversos conhecimentos sobre sucesso na administração do dinheiro.

A partir destas diferenças de pensamento o autor reflete sobre o preparo da mente de pessoas bem-sucedidas e daquelas com menor controle sobre as finanças.

As frases e conceitos expostos no livro são usadas como referência para muitos investidores ao redor do mundo.

Confira só alguns exemplos:

“Gente demais se preocupa excessivamente com dinheiro e não com a sua maior riqueza, a educação.”

“A inteligência resolve problemas e gera dinheiro. O dinheiro sem a inteligência financeira desaparece depressa.”

“A casa é uma dívida. Se a sua for o seu maior investimento, você terá problemas.”

“Há uma diferença entre ser pobre e estar quebrado. Estar quebrado é algo temporário. Ser pobre é algo eterno.”

Aposentadoria para mim não significa deixar de trabalhar. Quer dizer que podemos trabalhar ou não, e nossa riqueza continuará aumentando automaticamente, ficando bem à frente da inflação.”

Lançado em 1997, “Pai Rico, Pai Pobre” já vendeu mais de 10 milhões de cópias.

2. Os Segredos da Mente Milionária

É muito comum ouvirmos que a nossa forma de pensar define a nossa relação com o dinheiro.

Nesta obra clássica, o autor canadense T. Harv Eker mostra aos leitores as diferenças na forma de pensar e agir entre uma pessoa rica e de uma pessoa mediana.

Além disso, ele também mostra as formas para mudar a maneira de pensar.

Ao longo do texto, Eker apresenta 17 maneiras que diferenciam as pessoas bem-sucedidas financeiramente daqueles não tão bem sucedidos.

As dicas aqui estão mais para o macro do que para o micro.

Em outras palavras, é preciso primeiro rever conceitos para que essas mudanças revertam em ações práticas no dia a dia do interessado.

“A maioria das pessoas simplesmente não tem capacidade interna para conquistar e conservar grandes quantidades de dinheiro e para enfrentar os crescentes desafios que a fortuna e o sucesso trazem. É sobretudo por causa disso que elas não enriquecem.”

“Você já ouviu alguém dizer que a falta é dinheiro é um enorme problema? Na verdade, ela nunca é um problema, e sim um sintoma do que está acontecendo debaixo da terra.”

Estes são alguns dos pensamentos contidos na obra lançada em 2005 e que ainda é um dos livros mais vendidos no segmento em todo o mundo.

3. O Investidor Inteligente

Esta é uma obra clássica de Benjamim Graham lançada ainda na década de 1940. E o que faz o texto sobreviver a quase 70 anos de mudanças no mundo, especialmente no mundo econômico?

Na obra, Graham, que é um famoso é bem-sucedido economista norte-americano, revela quais as suas filosofias de vida e os fundamentos que devem ser levados em consideração ao investir em renda variável.

O texto não dá dicas específicas de investimento, mas explica a partir da experiência do autor diversos conceitos do mundo econômico, contextualizando com acontecimentos da história.

4. Ações Comuns, Lucros Extraordinários

Outro livro clássico quando se trata de investimentos na área de ações é o “Ações Comuns, Lucros Extraordinários”.

Nele, o autor norte-americano Philip Fisher faz uma análise bastante aprofundada sobre o mercado acionário e sobre o funcionamento das bolsas de valores.

No texto, publicado originalmente no ano de 1960 e com várias revisões e reedições feitas nas últimas décadas, Fisher apresenta desde os conceitos básicos do setor até dicas sobre a melhor maneira para escolher uma ação para compra.

O livro conta com uma lista de 15 pontos que são considerados essenciais no momento de investir no mercado acionário.

Entre as lições clássicas oferecidas pelo autor nesta obra estão conceitos até hoje muito repetidos por educadores financeiros quando o assunto é o mercado de ações.

Um deles é:

“Deve-se ter em mente que o que realmente importa é o futuro, não o passado.”

Ou seja, no mercado financeiro, resultado passado, apesar de um indicativo de performance, não é garantia de rentabilidade futura é isso deve ser levado em consideração no momento de arriscar.

5. Os Grandes Investidores – As Estratégias dos Maiores Mestres na Arte de Investir

Na publicação do autor britânico Glen Arnold é feito um perfil de alguns dos investidores mais bem sucedidos no mundo dos investimentos em todo o planeta.

Glen Arnold fala sobre a visão de cada um deles, filosofia e estratégias de investimento realizadas.

Entre os investidores com perfil produzido para o livro estão nomes como Benjamim Graham (autor de “O Investidor Inteligente”, já citado acima), Anthony Bolton, George Soros, John Neff, entre outros.

O livro é uma grande inspiração para quem busca entrar e prosperar no universo dos investimentos, uma vez que o autor apresenta detalhes das táticas para acumular riqueza, os elementos que levam à vitória no mercado e ainda como aplicar estas estratégias dos grandes nomes no dia a dia de uma pessoa comum.

6. Fora da Curva

Ao invés de tentar achar a fórmula de investimento perfeita e mágica, como se ela realmente existisse, o livro “Fora da Curva” tem uma missão ambiciosa: contar um pouco da história e dos casos de investimento que moldaram o perfil e a filosofia de gestão de 10 grandes investidores brasileiros: Florian Bartunek (Constellation), Luis Stuhlberger (Verde),  André Jakurski  (JGP), Pedro Damasceno (Dynamo), Antonio Bonchristiano (GP Investimentos), Guilherme Affonso Ferreira (Bahema Participações), Guilherme Aché (Squadra), José Carlos Reis de Magalhães Neto (Tarpon), Luiz Fernando Figueiredo (Mauá Capital) e Meyer Joseph Nigri (Tecnisa).

Juntos, esses gestores administram cerca de R$ 80 bilhões, são muito conhecidos no mercado financeiro nacional, mas, são ainda pouco conhecidos para o público em geral.

Em um Brasil onde grande parte da população ainda está desencorajada com muitos políticos e empresários, o livro “Fora da Curva” fornece lições extremamente importantes sobre a construção de empresas com valores e culturas extremamente sólidos, mesmo que diferentes entre si, provando que a frase do empresário Jorge Paulo Lemann “estude, trabalhe duro, fique cercado de gente boa, treine e corra riscos. Se, com o seu sucesso, puder impactar outras pessoas e retornar para a sociedade, é ainda melhor. O Brasil precisa de gente querendo investir e fazer acontecer” não poderia vir nem em livro, nem em hora mais apropriada para a história do país.

7. Investimentos – Os Segredos de George Soros e Warren Buffett

O livro do autor Mark Tier conta a trajetória destes dois grandes investidores do mundo, George Soros e Warren Buffett.

Na obra, as estratégias que levaram ambos ao topo do mundo dos investimentos é revelada, com um passo a passo do caminho trilhado.

Mais do que dicas para o dia a dia de pessoas comuns, o livro busca inspirar mudanças e ações, uma vez que ambos tiveram estilos completamente diferentes, mas ao mesmo tempo compartilham visões comuns.

Tanto Warren Buffett como George Soros começaram do nada e juntaram fortunas bilionárias unicamente a partir dos investimentos feitos.

Enquanto Buffett comprava ações e empresas a preços baixos e tem a tendência de mantê-las por longo tempo, Soros ficou conhecido pelas ações rápidas e de alta alavancagem no mercado financeiro.

Ao final da publicação, Tier resume em 23 os hábitos que tanto Buffett e Soros possuem e podem inspirar qualquer investidor no caminho para o sucesso.

8. Investimentos: como administrar melhor seu dinheiro

Publicado pela primeira vez em 2001 pelo autor Mauro Harfeld, “Investimentos: como administrar melhor seu dinheiro” é considerado um dos melhores livros brasileiros sobre a aventura no mercado de investimentos.

Conhecedor da nossa realidade, Mauro Harfeld usa exemplos comuns do dia a dia das pessoas para mostrar alguns dos erros mais comuns cometidos pelos interessados quando o assunto é a administração das finanças pessoais.

O caminho da independência financeira e as formas como o dinheiro pode auxiliar a ter uma vida mais tranquila e confortável estão entre os temas trabalhados no livro, leitura fácil e acessível.

9 – As 5 Etapas do Planejamento Financeiro

Convencimento Pessoal, Conhecimento Financeiro, Definição de Objetivos, Mudança de Hábitos e Investimentos.

Estes são os cinco passos para um planejamento financeiro e que são explicados de forma bastante detalhada neste livro do Professor Elisson de Andrade, doutor em Economia pela Universidade de São Paulo (USP).

No livro, o autor mostra o quão importante é o autoconhecimento e o planejamento no caminho de um orçamento equilibrado.

Aprender a cuidar do dinheiro, adquirir habilidades financeiras e não-financeiras é o caminho para uma melhor qualidade de vida.

Das etapas consideradas acima pelo autor, o convencimento pessoal mostrará a importância do dinheiro e da forma de gerenciamento das finanças pessoais.

O conhecimento financeiro apresenta algumas ferramentas básicas para que o interessado possa adquirir as habilidades de manuseio do dinheiro no dia a dia.

A definição dos objetivos é fundamental em todo o processo, pois será ela que motivará o investidor para a realização dos sonhos.

A mudança de hábitos é essencial para colocar em prática tudo que estará sendo abordado na obra.

Por vezes pequenas alterações nas práticas domésticas geram resultados bastante surpreendentes ao final de um determinado período.

Por último, a etapa dos investimentos mostra ao interessado as oportunidades e os riscos que existem dentro de algumas das principais opções do mercado.

10 – O Homem Mais Rico da Babilônia

“O Homem mais rico da Babilônia” é outro grande clássico da literatura sobre educação financeira mundial.

Por meio de parábolas baseadas no antigo território da Babilônia, o autor George S. Clason mostra de uma forma muito simples como pessoas consideradas comuns auxiliaram no desenvolvimento de uma das regiões mais ricas do mundo antigo.

Como dissemos, o livro é um clássico que começou a ser escrito na década de 1930.

O segredo do seu sucesso ainda nos dias de hoje é apostar em conceitos básicos como fundamentais no sucesso para alcançar os objetivos financeiros.

Ou seja, não é preciso superpoderes um conhecimento de outro mundo para alcançar o sucesso. É preciso muita coragem.

Invista com o BTG Pactual digital

Ficou interessado pelos livros de investimento apresentados acima? Eles são só alguns exemplos do manancial que há sobre o assunto.

E para colocar tanto conhecimento em prática, é bom contar com uma instituição financeira sólida e confiável, como o BTG Pactual digital.

Quer ver como é fácil abrir uma conta?

  1. Cadastro sem sair de casa: Basta acessar o site do BTG Pactual digital, preencher alguns dados e enviar comprovante de residência, foto do RG e uma selfie. Depois disso, aguarde um retorno por e-mail para confirmar a abertura da conta.
  2. Descubra seu perfil de investidor: responda a um pequeno questionário para desvendar sua tolerância ao risco e o tipo de investimento que mais combina com você.
  3. Transfira o dinheiro: Envie o dinheiro de sua conta bancária para sua nova conta do BTG Pactual digital.
  4. Consulte um dos assessores de investimento: você terá o auxílio de um assessor de investimento que o orientará passo a passo em suas aplicações.
  5. Acompanhe os investimentos: por meio do site do aplicativo, você pode consultar a qualquer momento suas posições e rendimentos.
  6. Tenha acesso a relatórios personalizados: periodicamente, você terá acesso a  relatórios completos com todos os resultados de suas aplicações.

Conclusão

O que achou dos livros apresentados? Já leu algum deles? Esse são apenas algumas das obras mais vendidas sobre o tema.

Mas, nessa busca de conhecimento sobre finanças e investimentos, vale muito a pena ficar ligado em blogs, como o do próprio BTG Pactual digital, que oferece dicas práticas toda semana para o investidor.

Você pode se interessar por:

Depois de navegar por esses primeiros posts, você já vai ter uma noção melhor de alguns dos pilares que sustentam os investimentos no mercado financeiro nacional.

Então, combinado aos livros já citados, o blog é uma fonte valiosa de informação, que vai servir para você diferenciar nos rendimentos em busca da maior valorização do seu dinheiro.

Gostou das dicas a respeito de livros sobre investimentos? Compartilhe!

Deixe seu comentário 0

Você está a um passo para investir com mais segurança e tranquilidade.
Crie sua conta agora


Preencha com seu nome

Preencha com seu e-mail

Preencha com seu telefone

Está com dúvidas? Entre em contato com a gente!

ENTRE EM CONTATO

O Grupo BTG Pactual (“BTG Pactual”) não fornece opiniões jurídicas ou tributárias. Sendo assim, essa apresentação não constitui aconselhamento legal de qualquer natureza. Essa apresentação é um breve resumo de cunho meramente informativo, não configurando análise de valores mobiliários nos termos da Instrução CVM Nº 598, de 03 de maio de 2018, e não tendo como objetivo a consultoria, oferta, solicitação de oferta e/ou recomendação para a compra ou venda de qualquer investimento e/ou produto específico. Embora as informações e opiniões expressas aqui tenham sido obtidas de fontes confiáveis e fidedignas, nenhuma garantia ou responsabilidade, expressa ou implícita é feita a respeito da exatidão, fidelidade e/ou totalidade das informações. Todas as informações, opiniões e valores eventualmente indicados estão sujeitos à alteração sem prévio aviso. Ressaltamos também, que as opiniões expressas neste material refletem a opinião do respectivo profissional convidado e não necessariamente expressam a opinião do BTG Pactual, não devendo ser tratadas como tal. As informações contidas nesta apresentação não podem ser consideradas como única fonte de informações no processo decisório do investidor, que, antes de tomar qualquer decisão, deverá realizar uma avaliação minuciosa do produto e respectivos riscos, face aos seus objetivos pessoais e ao seu perfil de risco ("Suitability"). Para maiores informações, acesse www.btgpactualdigital.com

Os riscos da operação com títulos de renda fixa (CDB, LCI e LCA) estão na capacidade de o emissor honrar a dívida; na impossibilidade de venda do título ou na ausência de investidores interessados em adquiri-lo; e na possibilidade de variação da taxa de juros e dos indexadores. É importante a adequada compreensão da natureza, forma de rentabilidade e riscos dos títulos de renda fixa antes da sua aquisição. CDB, LCI e LCA contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante a devolução do principal investido acrescido de juros referente a rendimentos, na hipótese da incapacidade de pagamento da instituição financeira, de até R$ 250 mil reais por CPF e por instituição financeira, considerando o limite de garantia de R$ 1 milhão para cada período de quatro anos.

FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTAM COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA. E recomendada a leitura cuidadosa do Formulário de Informações Complementares e Regulamento do Fundo de Investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos.

Ressaltamos que as opiniões e projeções referente COE, aqui apresentadas representam a opinião da área Structured Products do BTG Pactual, mas não necessariamente a opinião institucional do BTG Pactual, podendo o BTG Pactual, suas subsidiárias e/ou seus empregados podem, eventualmente, possuir uma posição comprada ou vendida, atuar em nome próprio e/ou como coordenador ou agente em operações envolvendo ações ou demais investimentos relevantes. COE NÃO CONTA COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA.

Os regulamentos completos dos Planos de Previdência da BTG Pactual Vida e Previdência S/A deverão ser lidos previamente a sua contratação. Os direitos e obrigações das partes estão definidos na Proposta e nos Regulamentos do plano contratado. É recomendada a leitura cuidadosa do regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. O registro do plano na Susep não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação de comercialização. O Participante/Segurado poderá consultar a situação cadastral de seu corretor de seguros no site www.susep.gov.br, por meio do número de seu registro na Susep, nome completo, CNPJ ou CPF. BTG Pactual Vida e Previdência S/A - CNPJ: 19.449.767/0001-20. Processos SUSEP PGBL: 15414.901924/2014-44 e VGBL: 15414.901922/2014-55.

Fundos de investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de créditos FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura. É recomendada a leitura cuidadosa do prospecto e regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. Os investidores devem estar preparados para aceitar os riscos inerentes aos diversos mercados em que os fundos atuam e, consequentemente, possíveis variações no patrimônio investido. Os produtos e serviços aqui mencionados podem não estar disponíveis em todas as jurisdições ou para determinadas categorias de investidores. Adicionalmente, a legislação e regulamentação de proteção a investidores de determinadas jurisdições/países, pode não se aplicar a produtos e serviços registrados em outras jurisdições/países, sujeitos à legislação e regulamentação respectivamente aplicáveis, além de previsões contratuais específicas.

Anbima Anbima