Em um mundo cada vez mais global, conectado e sem fronteiras, é natural que você queira planejar viagem, curso ou investimento fora do país. Se não for para você, seus filhos têm esse tipo de plano.

Alguns cuidados são importantes para você concretizar esse tipo de projeto. Afinal, estamos lidando com diferenças de moedas, culturas e cenários que podem comprometer sonhos, se não forem bem planejados.

No artigo de hoje, explicarei como você pode se planejar financeiramente e blindar este plano de mudanças cambiais que podem inviabilizar a sua viagem.

Utilize o tempo a seu favor ao planejar viagem

Primeiramente, é prudente você planejar viagem com uma certa antecedência. Na minha opinião, dois anos é o prazo ideal para um projeto internacional.

Não só pelo investimento, mas pelo tipo de pesquisa que deve ser feita. Você precisa entender como funcionam hospedagem, negociação de curso, quais passeios precisam ser reservados com antecedência, entre outros. Existe uma série de cuidados que você precisa tomar para ter um planejamento bem detalhado no momento da aquisição.

Mesmo que você ainda não tenha planejado a cidade que vai visitar ou o curso que irá fazer, é prudente guardar dinheiro.

Como investir?

Um cuidado importante é garantir que um eventual desajuste no câmbio não torne a moeda desse país que você quer visitar muito mais cara do que é hoje.

Para se proteger dessa situação você deve começar a reservar dinheiro, se possível, em fundos cambiais atrelados à moeda do país que você vai visitar. Fundos cambiais em dólar e em euro são os mais fáceis de encontrar. Você talvez consiga alguns fundos em iene ou alguma moeda que seja muito particular.

Se não encontrar um fundo específico, é prudente começar a comprar moeda desse país que você vai visitar, mesmo que perca na rentabilidade. Estamos falando de um planejamento de 2 anos.

Nesse período, um investimento conservador em um país desenvolvido talvez lhe traga um ganho de 3% a 4% ao ano. O que não é uma perda significativa comparando com uma situação em que o câmbio pode desvalorizar 40%, por exemplo.

Faltando 1 ano para a viagem

Quando faltar perto de 1 ano para a sua viagem, esse dinheiro que foi investido em um fundo cambial ou usado para adquirir a moeda estrangeira em questão estará garantindo que parte da sua poupança para a viagem já esteja na moeda de uso do seu destino.

Se você tem uma reserva em dólares, por exemplo, o que você gastará nos Estados Unidos está blindado contra um eventual desajuste no câmbio no Brasil.

Um ano antes da viagem, é hora de comprar passagens aéreas, adquirir o curso que você vai fazer e começar a contratar algum serviço como, por exemplo, um evento, um show ou um jogo de futebol. Você já pode comprar com antecedência os ingressos.

Se a passagem aérea for comprada no Brasil, por exemplo, você pode parcelar em reais. Se comprar por uma agência internacional, você paga em dólares. Mas, de certa forma, está se blindando contra o aumento do câmbio.

Na prática, os cuidados ao planejar viagem internacional são:

  1. a) assegurar-se de que a moeda não falte; e
  2. b) assegurar-se de que os principais custos como passagem aérea, ou um evento de um curso, estejam blindados em uma moeda que você domina, que é a moeda do seu país (se é possível parcelar em reais, é o recomendável).

Com esse tipo de cuidado, mesmo que muito perto da viagem ocorra um grande desajuste no câmbio (por exemplo, a moeda do país destino fica 30% mais cara), o seu projeto, certamente, não vai ficar inviabilizado por causa disso.

Ao investir em reais, você corre o risco de ter uma viagem praticamente paga e, de repente, em uma virada de câmbio, ela se torna inviável e você pode acabar desistindo do seu projeto.

Conclusão

Ao planejar viagem, faça com que ela aconteça. Planeje com antecedência, garanta a compra das passagens e a compra da moeda. Assim, você terá o seu projeto se concretizando.

Nesse tipo de projeto a rentabilidade é totalmente secundária. Você estará garantindo que um sonho não se perca em função de uma mudança no câmbio.

Espero ter ajudado você que está pensando em planejar viagem, seja de férias, a trabalho ou para estudos. Viaje com tranquilidade e segurança. Assim, você aproveitará a cultura do país e evitará lidar com custos de última hora em função de uma eventual perda cambial.

Divirta-se, e que você tenha muito sucesso nas suas escolhas de viagem.

Afinal, enriquecer é uma questão de escolha. E não só enriquecer em dinheiro, mas em experiências.

Deixe seu comentário 0

O Grupo BTG Pactual (“BTG Pactual”) não fornece opiniões jurídicas ou tributárias. Sendo assim, essa apresentação não constitui aconselhamento legal de qualquer natureza. Essa apresentação é um breve resumo de cunho meramente informativo, não configurando análise de valores mobiliários nos termos da Instrução CVM Nº 598, de 03 de maio de 2018, e não tendo como objetivo a consultoria, oferta, solicitação de oferta e/ou recomendação para a compra ou venda de qualquer investimento e/ou produto específico. Embora as informações e opiniões expressas aqui tenham sido obtidas de fontes confiáveis e fidedignas, nenhuma garantia ou responsabilidade, expressa ou implícita é feita a respeito da exatidão, fidelidade e/ou totalidade das informações. Todas as informações, opiniões e valores eventualmente indicados estão sujeitos à alteração sem prévio aviso. Ressaltamos também, que as opiniões expressas neste material refletem a opinião do respectivo profissional convidado e não necessariamente expressam a opinião do BTG Pactual, não devendo ser tratadas como tal. As informações contidas nesta apresentação não podem ser consideradas como única fonte de informações no processo decisório do investidor, que, antes de tomar qualquer decisão, deverá realizar uma avaliação minuciosa do produto e respectivos riscos, face aos seus objetivos pessoais e ao seu perfil de risco ("Suitability"). Para maiores informações, acesse www.btgpactualdigital.com

Os riscos da operação com títulos de renda fixa (CDB, LCI e LCA) estão na capacidade de o emissor honrar a dívida; na impossibilidade de venda do título ou na ausência de investidores interessados em adquiri-lo; e na possibilidade de variação da taxa de juros e dos indexadores. É importante a adequada compreensão da natureza, forma de rentabilidade e riscos dos títulos de renda fixa antes da sua aquisição. CDB, LCI e LCA contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante a devolução do principal investido acrescido de juros referente a rendimentos, na hipótese da incapacidade de pagamento da instituição financeira, de até R$ 250 mil reais por CPF e por instituição financeira, considerando o limite de garantia de R$ 1 milhão para cada período de quatro anos.

FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTAM COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA. E recomendada a leitura cuidadosa do Formulário de Informações Complementares e Regulamento do Fundo de Investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos.

Ressaltamos que as opiniões e projeções referente COE, aqui apresentadas representam a opinião da área Structured Products do BTG Pactual, mas não necessariamente a opinião institucional do BTG Pactual, podendo o BTG Pactual, suas subsidiárias e/ou seus empregados podem, eventualmente, possuir uma posição comprada ou vendida, atuar em nome próprio e/ou como coordenador ou agente em operações envolvendo ações ou demais investimentos relevantes. COE NÃO CONTA COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA.

Os regulamentos completos dos Planos de Previdência da BTG Pactual Vida e Previdência S/A deverão ser lidos previamente a sua contratação. Os direitos e obrigações das partes estão definidos na Proposta e nos Regulamentos do plano contratado. É recomendada a leitura cuidadosa do regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. O registro do plano na Susep não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação de comercialização. O Participante/Segurado poderá consultar a situação cadastral de seu corretor de seguros no site www.susep.gov.br, por meio do número de seu registro na Susep, nome completo, CNPJ ou CPF. BTG Pactual Vida e Previdência S/A - CNPJ: 19.449.767/0001-20. Processos SUSEP PGBL: 15414.901924/2014-44 e VGBL: 15414.901922/2014-55.

Fundos de investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de créditos FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura. É recomendada a leitura cuidadosa do prospecto e regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. Os investidores devem estar preparados para aceitar os riscos inerentes aos diversos mercados em que os fundos atuam e, consequentemente, possíveis variações no patrimônio investido. Os produtos e serviços aqui mencionados podem não estar disponíveis em todas as jurisdições ou para determinadas categorias de investidores. Adicionalmente, a legislação e regulamentação de proteção a investidores de determinadas jurisdições/países, pode não se aplicar a produtos e serviços registrados em outras jurisdições/países, sujeitos à legislação e regulamentação respectivamente aplicáveis, além de previsões contratuais específicas.

Anbima Anbima