Quando buscamos orientação profissional para solucionar nossas dúvidas, esperamos receber sempre as melhores respostas. Mas são raras as vezes em que temos a sensação que elas foram as melhores possíveis. Falha de nosso advogado? De nosso médico? De nosso consultor de investimentos? De nosso gerente de conta corrente? Não. Em grande parte das orientações que não atendem nossas expectativas o problema está nas próprias expectativas, não nas orientações. E isso inclui a busca pelo melhor produto para investir.

Inscreva-se em nossa newsletter

Preencha com um e-mail válido

Inscrição concluída com sucesso!

Todo profissional que nos ajuda a administrar escolhas relevantes em nossas vidas tem como obrigação ética zelar pela correção em suas sugestões e também pela ansiedade individual de seus clientes. Não faz sentido oferecer uma orientação de investimentos ou de crédito em que a compreensão e exequibilidade não estejam ao alcance do cliente.

Por este motivo, às vezes esperamos que nosso gerente nos ofereça um produto mais arrojado, mas ele insiste no conservador. Quando insistimos na vontade de adquirir aquele produto que os colegas de academia contrataram, que aparentemente seria o melhor produto para investir, ele insiste que o que temos já é o ideal para nós.

O que está em jogo, na maioria das vezes, não é simplesmente o maior rendimento ou o menor custo, mas, sim, o sucesso em atingirmos nossos objetivos. Por exemplo, sempre ouvimos dizer que, no longo prazo, investimentos em renda variável, como fundos de ações, tendem a apresentar resultados melhores do que a renda fixa.

Se isso é verdade, por que as recomendações que vêm de nosso banco sempre incluem participações reduzidas de nossa carteira em renda variável? Simples: porque, para realmente obter resultados diferenciados em renda variável, precisamos ter disciplina, agir nas crises e nos momentos de euforia, conter nossas angústias em momentos de perda e contar com alternativas na carteira que compensem eventuais perdas de alguns de nossos ativos.

A experiência profissional de um consultor lhe diz que a maioria das pessoas que acataria a recomendação de um investimento mais arrojado não teria conhecimento nem condições psicológicas de lidar com fortes oscilações cotidianas ou com períodos de crise – convenhamos, lidar com períodos de fortes ganhos é bem mais fácil.

Por isso, a técnica sugere que façamos apenas uma “degustação” de determinados produtos em nossa carteira, mesmo que nossa vontade seja a de cometer o pecado da gula. Na correta visão do especialista, iremos mais longe com nossos objetivos dando um passo após o outro do que se tentássemos grandes saltos.

A lição de casa para você saber qual é o melhor produto para investir

Se realmente desejamos usufruir de produtos mais complexos e de oportunidades interessantes que aparecem no menu de produtos do banco, é nosso papel fazer uma certa lição de casa. Antes de consultar nosso especialista de plantão, deveríamos fazer nossa pesquisa pessoal sobre riscos e oportunidades dos produtos.

Poucas fontes de informação são tão ricas e completas quanto o próprio portal do banco na Internet. Exaurir suas dúvidas sobre o produto que deseja contratar antes de conversar com seu gerente já é um bom começo, pois, além de informações técnicas sobre cada um deles, você encontrará ressalvas e recomendações importantes a respeito.

Além do conhecimento detalhado dos produtos, outro importante exercício é realizar um levantamento sincero de sua atual situação pessoal.

Está em busca de uma alternativa de investimento? Faça um levantamento dos demais que possui, incluindo imóveis e outros bens de grande valor, para que o especialista faça sua sugestão com base em sua carteira, e não apenas com base em sua vontade imediata por certo produto.

Pensa em solicitar crédito? Faça um levantamento das demais dívidas que você possui, uso de cartão de crédito, estabilidade na carreira e possíveis bens que podem ser oferecidos como garantia. Essas informações normalmente são necessárias para produtos de crédito mais complexos, mas sua iniciativa em adiantá-los pode lhe dar a oportunidade de acessar produtos mais eficientes do que os que seriam contratados automaticamente no balcão.

Entenda que o especialista funciona como uma ponte entre você e o produto que melhor lhe atende. Se um pilar de suporte da ponte for muito mais baixo do que o outro, a travessia será inviável. Portanto, prepare-se para conseguir saber qual é o melhor produto para investir. Explore as informações que foram cuidadosamente disponibilizadas pelo banco, para, assim, estar preparado para o que ele pode lhe oferecer de melhor.

Deixe seu comentário 0

Posts relacionados

Você está a um passo para investir com mais segurança e tranquilidade.
Crie sua conta agora


Preencha com seu nome

Preencha com seu e-mail

Preencha com seu telefone

Está com dúvidas? Entre em contato com a gente!

ENTRE EM CONTATO

O Grupo BTG Pactual (“BTG Pactual”) não fornece opiniões jurídicas ou tributárias. Sendo assim, essa apresentação não constitui aconselhamento legal de qualquer natureza. Essa apresentação é um breve resumo de cunho meramente informativo, não configurando análise de valores mobiliários nos termos da Instrução CVM Nº 598, de 03 de maio de 2018, e não tendo como objetivo a consultoria, oferta, solicitação de oferta e/ou recomendação para a compra ou venda de qualquer investimento e/ou produto específico. Embora as informações e opiniões expressas aqui tenham sido obtidas de fontes confiáveis e fidedignas, nenhuma garantia ou responsabilidade, expressa ou implícita é feita a respeito da exatidão, fidelidade e/ou totalidade das informações. Todas as informações, opiniões e valores eventualmente indicados estão sujeitos à alteração sem prévio aviso. Ressaltamos também, que as opiniões expressas neste material refletem a opinião do respectivo profissional convidado e não necessariamente expressam a opinião do BTG Pactual, não devendo ser tratadas como tal. As informações contidas nesta apresentação não podem ser consideradas como única fonte de informações no processo decisório do investidor, que, antes de tomar qualquer decisão, deverá realizar uma avaliação minuciosa do produto e respectivos riscos, face aos seus objetivos pessoais e ao seu perfil de risco ("Suitability"). Para maiores informações, acesse www.btgpactualdigital.com

Os riscos da operação com títulos de renda fixa (CDB, LCI e LCA) estão na capacidade de o emissor honrar a dívida; na impossibilidade de venda do título ou na ausência de investidores interessados em adquiri-lo; e na possibilidade de variação da taxa de juros e dos indexadores. É importante a adequada compreensão da natureza, forma de rentabilidade e riscos dos títulos de renda fixa antes da sua aquisição. CDB, LCI e LCA contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante a devolução do principal investido acrescido de juros referente a rendimentos, na hipótese da incapacidade de pagamento da instituição financeira, de até R$ 250 mil reais por CPF e por instituição financeira, considerando o limite de garantia de R$ 1 milhão para cada período de quatro anos.

FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTAM COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA. E recomendada a leitura cuidadosa do Formulário de Informações Complementares e Regulamento do Fundo de Investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos.

Ressaltamos que as opiniões e projeções referente COE, aqui apresentadas representam a opinião da área Structured Products do BTG Pactual, mas não necessariamente a opinião institucional do BTG Pactual, podendo o BTG Pactual, suas subsidiárias e/ou seus empregados podem, eventualmente, possuir uma posição comprada ou vendida, atuar em nome próprio e/ou como coordenador ou agente em operações envolvendo ações ou demais investimentos relevantes. COE NÃO CONTA COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA.

Os regulamentos completos dos Planos de Previdência da BTG Pactual Vida e Previdência S/A deverão ser lidos previamente a sua contratação. Os direitos e obrigações das partes estão definidos na Proposta e nos Regulamentos do plano contratado. É recomendada a leitura cuidadosa do regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. O registro do plano na Susep não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação de comercialização. O Participante/Segurado poderá consultar a situação cadastral de seu corretor de seguros no site www.susep.gov.br, por meio do número de seu registro na Susep, nome completo, CNPJ ou CPF. BTG Pactual Vida e Previdência S/A - CNPJ: 19.449.767/0001-20. Processos SUSEP PGBL: 15414.901924/2014-44 e VGBL: 15414.901922/2014-55.

Fundos de investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de créditos FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura. É recomendada a leitura cuidadosa do prospecto e regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. Os investidores devem estar preparados para aceitar os riscos inerentes aos diversos mercados em que os fundos atuam e, consequentemente, possíveis variações no patrimônio investido. Os produtos e serviços aqui mencionados podem não estar disponíveis em todas as jurisdições ou para determinadas categorias de investidores. Adicionalmente, a legislação e regulamentação de proteção a investidores de determinadas jurisdições/países, pode não se aplicar a produtos e serviços registrados em outras jurisdições/países, sujeitos à legislação e regulamentação respectivamente aplicáveis, além de previsões contratuais específicas.

Anbima Anbima