No artigo de hoje, abordarei técnicas de como construir riqueza.

Por que algumas famílias são capazes de lidar bem com essa questão enquanto a maioria passa a vida trabalhando para pagar dívidas e boletos?

Basicamente, existem três técnicas que levam essas famílias a uma condição de enriquecimento constante e natural. Por serem praticamente imperceptíveis a quem não atinge o mesmo grau de sucesso, muitas vezes essas técnicas acabam sendo confundidas com sorte.

Listarei cada uma delas a seguir.

Colocar planos em prática

Você já deve ter me ouvido dizer que o primeiro milhão é o mais difícil de ser alcançado. Claro que um dos motivos é que quanto maior for o seu patrimônio, mais fácil será multiplicá-lo – a mágica dos juros compostos explica essa realidade –, mas não é apenas isso que explica a maior propensão ao enriquecimento.

Com o passar do tempo, a disciplina e a dedicação ao objetivo de construir riqueza fazem surgir um natural aprendizado sobre o tema estudado. Pode ter certeza que qualquer pessoa que decida dedicar seu tempo a aprender algo ficará melhor naquele tema.

Quando você começa a buscar seus sonhos, parece praticamente impossível realizá-los, já que não está acostumado a se planejar para isso. No entanto, a medida que você coloca seus planos em prática, a realidade logo revela suas transformações, de repente você se vê capaz de fazer escolhas cada vez melhores para o uso do seu dinheiro. Dessa forma, criará uma disciplina que, naquele início, parecia impossível de ser colocada em prática. É o aprendizado ao longo do tempo que gera essa transformação em você.

Se você quiser saber mais sobre como conquistar o primeiro milhão, assista a seguir, a live que fiz no canal do YouTube BTG Pactual digital.

Consolidação da renda para construir riqueza

A segunda técnica imperceptível para o sucesso da construção de riquezas é a consolidação da renda.

Quando uma família lança mão de seu plano, geralmente ainda está no início da vida profissional. Assim, é natural que seus ganhos não sejam tão vultosos ao mesmo tempo que suas escolhas sejam mais contidas e conservadoras, principalmente quando cresce o grau de responsabilidade com filhos e seus consequentes gastos.

À medida que o tempo passa e a experiência profissional aumenta, normalmente a renda também aumentará, proporcionando a essas famílias a capacidade de fazer melhores escolhas.

Celebrar cada conquista

A terceira técnica é, sem dúvida, a mais imperceptível e, ao mesmo tempo, também a mais importante para a evolução do projeto de enriquecimento ao longo dos anos: a motivação gerada pela conquista.

Se você já quitou um financiamento, seja de automóvel ou de uma residência adquirida por meio de muito sacrifício, conhece a sensação de prazer indescritível gerada por essa conquista, e é incrível o efeito multiplicador que isso é capaz de causar em todos nós.

Quem consolida conquistas, traz para o lar uma energia incrível que motiva a família a fazer novos planos e novos sacrifícios para realizá-los. Chega-se à conclusão de que seus projetos valem a pena.

Mas não é só isso. Essa mesma motivação, tão própria dos empreendedores de sucesso, acaba fazendo com que suas escolhas passem a ser cada vez menos pautadas na necessidade e mais pautadas na celebração em família. Quando eu e minha família decidimos comprar uma casa de campo, nosso objetivo não era apenas ter um lugar fora da cidade para descansar. Era, sim, ter um espaço nosso para curtir momentos de riqueza com os filhos e para reunir cada vez mais nossa família e os amigos no mesmo espaço.

Conclusão

A grande diferença das famílias que sabem construir riqueza para as que formam patrimônio somente para fins de segurança é a busca pela realização de sonhos.

Isso cria um processo virtuoso em que cada sonho realizado gera uma motivação forte o suficiente para buscar o próximo, e é exatamente isso que levará seus planos para o sucesso.

Afinal, enriquecer é, sempre, uma questão de escolha.

Para ler mais sobre o tema, acesse o nosso conteúdo: Como prosperar: dicas para manter seu patrimônio em crescimento.

Gustavo Cerbasi
Gustavo Cerbasi:
Cerbasi é um parceiro de conteúdo do BTG Pactual digital. Consultor, professor, palestrante, autor de 16 livros com mais de 2,5 milhões de exemplares vendidos, entre eles o best-seller “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”.

Deixe seu comentário 10

    1. Olá Giovanni, tudo bem? Ficamos felizes que você tenha gostado do conteúdo. Agradecemos o feedback.

    1. Olá Renato, como vai?? Ficamos felizes que conseguimos de ajudar. Agradecemos o feedback.

    1. Olá Williams, como vai? Que bom. O primeiro passo é o mais importante.

  1. PARABÉNS PELA LIVE
    MUITO ESCLARECEDORA PARA INICIANTES.
    NOS ENCONTRAREMOS BREVE

O Grupo BTG Pactual (“BTG Pactual”) não fornece opiniões jurídicas ou tributárias. Sendo assim, essa apresentação não constitui aconselhamento legal de qualquer natureza. Essa apresentação é um breve resumo de cunho meramente informativo, não configurando análise de valores mobiliários nos termos da Instrução CVM Nº 598, de 03 de maio de 2018, e não tendo como objetivo a consultoria, oferta, solicitação de oferta e/ou recomendação para a compra ou venda de qualquer investimento e/ou produto específico. Embora as informações e opiniões expressas aqui tenham sido obtidas de fontes confiáveis e fidedignas, nenhuma garantia ou responsabilidade, expressa ou implícita é feita a respeito da exatidão, fidelidade e/ou totalidade das informações. Todas as informações, opiniões e valores eventualmente indicados estão sujeitos à alteração sem prévio aviso. Ressaltamos também, que as opiniões expressas neste material refletem a opinião do respectivo profissional convidado e não necessariamente expressam a opinião do BTG Pactual, não devendo ser tratadas como tal. As informações contidas nesta apresentação não podem ser consideradas como única fonte de informações no processo decisório do investidor, que, antes de tomar qualquer decisão, deverá realizar uma avaliação minuciosa do produto e respectivos riscos, face aos seus objetivos pessoais e ao seu perfil de risco ("Suitability"). Para maiores informações, acesse www.btgpactualdigital.com

Os riscos da operação com títulos de renda fixa (CDB, LCI e LCA) estão na capacidade de o emissor honrar a dívida; na impossibilidade de venda do título ou na ausência de investidores interessados em adquiri-lo; e na possibilidade de variação da taxa de juros e dos indexadores. É importante a adequada compreensão da natureza, forma de rentabilidade e riscos dos títulos de renda fixa antes da sua aquisição. CDB, LCI e LCA contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante a devolução do principal investido acrescido de juros referente a rendimentos, na hipótese da incapacidade de pagamento da instituição financeira, de até R$ 250 mil reais por CPF e por instituição financeira, considerando o limite de garantia de R$ 1 milhão para cada período de quatro anos.

FUNDOS DE INVESTIMENTO NÃO CONTAM COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA. E recomendada a leitura cuidadosa do Formulário de Informações Complementares e Regulamento do Fundo de Investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos.

Ressaltamos que as opiniões e projeções referente COE, aqui apresentadas representam a opinião da área Structured Products do BTG Pactual, mas não necessariamente a opinião institucional do BTG Pactual, podendo o BTG Pactual, suas subsidiárias e/ou seus empregados podem, eventualmente, possuir uma posição comprada ou vendida, atuar em nome próprio e/ou como coordenador ou agente em operações envolvendo ações ou demais investimentos relevantes. COE NÃO CONTA COM GARANTIA DO ADMINISTRADOR, DO GESTOR, DE QUALQUER MECANISMO DE SEGURO OU FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. RENTABILIDADE PASSADA NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA.

Os regulamentos completos dos Planos de Previdência da BTG Pactual Vida e Previdência S/A deverão ser lidos previamente a sua contratação. Os direitos e obrigações das partes estão definidos na Proposta e nos Regulamentos do plano contratado. É recomendada a leitura cuidadosa do regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. O registro do plano na Susep não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação de comercialização. O Participante/Segurado poderá consultar a situação cadastral de seu corretor de seguros no site www.susep.gov.br, por meio do número de seu registro na Susep, nome completo, CNPJ ou CPF. BTG Pactual Vida e Previdência S/A - CNPJ: 19.449.767/0001-20. Processos SUSEP PGBL: 15414.901924/2014-44 e VGBL: 15414.901922/2014-55.

Fundos de investimento não contam com garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do fundo garantidor de créditos FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura. É recomendada a leitura cuidadosa do prospecto e regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. Os investidores devem estar preparados para aceitar os riscos inerentes aos diversos mercados em que os fundos atuam e, consequentemente, possíveis variações no patrimônio investido. Os produtos e serviços aqui mencionados podem não estar disponíveis em todas as jurisdições ou para determinadas categorias de investidores. Adicionalmente, a legislação e regulamentação de proteção a investidores de determinadas jurisdições/países, pode não se aplicar a produtos e serviços registrados em outras jurisdições/países, sujeitos à legislação e regulamentação respectivamente aplicáveis, além de previsões contratuais específicas.

Anbima Anbima