Banco de investimentos: o que é e como funciona?

O mercado financeiro é um ambiente bastante amplo e, por isso, acaba gerando uma série de dúvidas quanto ao seu funcionamento. No segmento das instituições bancárias, uma das principais dificuldades da maior parte das pessoas é conseguir identificar os tipos de bancos presentes no mercado brasileiro diante de tanta variedade.

Os bancos de investimentos, por exemplo, ainda são desconhecidos por muita gente, que não compreende muito bem o funcionamento destas instituições e os principais serviços oferecidos por elas. Por isso, no artigo de hoje, você entenderá de uma vez por todas o que é um banco de investimentos e conhecerá as principais características e vantagens deste tipo de banco para os investidores.

O que é um banco de investimentos?

Para entender melhor o que é um banco de investimentos é preciso compreender o papel das instituições bancárias no mercado financeiro. Bancos nada mais são que intermediários financeiros, regulados pelo Banco Central (Bacen), que têm como principal objetivo a captação de recursos de investidores, visando emprestá-los para quem precisa – sejam empresas ou pessoas físicas.

De acordo com definição do próprio Bacen, os bancos de investimento são instituições financeiras privadas especializadas em operações de participação societária de caráter temporário, de financiamento de atividades produtivas e de administração de recursos de terceiros. Estas instituições devem ser constituídas como sociedades anônimas e devem trazer, em sua denominação social, a expressão “Banco de Investimento”.

Em outras palavras, diferentemente de outros tipos de banco, o foco dos bancos de investimentos – como o BTG Pactual – está em oferecer soluções de investimentos para pessoas físicas ou jurídicas e fomentar o investimento nas mais diversas formas. Um banco de investimentos pode também prestar assessoria e financiamento em operações de fusão, reestruturação ou aquisição de empresas, além de oferecer seus serviços em lançamento de uma empresa na bolsa (IPO).

Quando surgiram os bancos de investimentos?

O termo “Investment banking” – ou banco de investimentos – ganhou força no mundo após a Grande Depressão, em 1929, quando uma lei norte-americana implementou a distinção entre bancos de investimentos, bancos varejistas e bancos comerciais. No Brasil, a regulamentação dos bancos de investimentos ocorreu na década de 1960.

Atualmente os bancos de investimentos são considerados importantes pilares do sistema financeiro nacional e mundial. Entre os principais bancos de investimentos do mercado global estão o BTG Pactual – o maior banco de investimentos da América Latina, o JPMorgan, Goldman Sachs, Citigroup, entre outros.

Banco de investimentos x banco comum

As definições dos tipos de bancos que atuam no mercado financeiro podem confundir muita gente, resultando em uma grande dificuldade de distinguir o que são bancos de investimentos e o que são bancos múltiplos ou comerciais. Para evitar problemas, no entanto, é fundamental que o cliente compreenda as principais diferenças entre os bancos de investimentos e bancos comuns.

Segundo definição do Bacen, um banco comercial é uma instituição pública ou privada que tem como objetivo proporcionar recursos para financiar o comércio, a indústria e outras empresas, além de pessoas físicas em geral. A captação dos bancos comerciais acontece por meio de depósitos à vista.

Já os bancos múltiplos – que representam a maior parte das instituições bancárias presentes no Brasil – são instituições que possuem ao menos duas carteiras (normalmente comercial e de investimentos). Bancos múltiplos com carteira comercial também podem receber depósitos à vista.

Os bancos de investimentos, por sua vez não podem oferecer captação de depósito à vista – ou seja, não oferecem conta corrente nem caderneta de poupança aos seus clientes. Os recursos são captados por meio de depósito à prazo, por meio de repasses de recursos externos e internos e a venda de cotas de fundos de investimento.

Quais serviços são oferecidos pelos bancos de investimentos?

As operações e serviços oferecidos pelos bancos de investimentos no Brasil seguem as regulamentações do Banco Central. Entre os principais serviços ofertados por este tipo de banco estão a assessoria financeira, administração de capital de terceiros, administração e venda de cotas de fundos de investimentos, entre outros.

Já entre as operações inerentes aos bancos de investimentos estão a aquisição de valores e títulos mobiliários, emissão de títulos, como o Certificado de Depósito Bancário (CDB),  emissão de debêntures, operações de Subscrição de Ações – ou IPO, repasse de empréstimos externos, e diversas outras atribuições.

Para quem busca uma instituição bancária com know-how em investimentos e gestão de recursos para realizar seus investimentos, por exemplo, a decisão de escolher um banco de investimentos ao invés de um banco múltiplo pode ser bastante assertiva e gerar resultados positivos no curto, médio e longo prazo.

Isso ocorre porque, como você já sabe, o foco principal dos bancos de investimentos é a oferta de soluções de investimentos aos seus clientes. E é justamente esta competência e especialização do banco em um determinado segmento – neste caso, no segmento dos investimentos – que pode fazer a diferença para o cliente que procura uma instituição  financeira para realizar seus aportes.

Como escolher um banco de investimentos?

É sempre importante lembrar que, para tomar decisões adequadas ao seu perfil enquanto investidor e em linha com seus objetivos, você deve contar com uma boa plataforma digital e assessoria de investimentos gabaritada. Escolher um banco de investimentos conceituado e com expertise comprovada pode lhe ajudar a encontrar as melhores opções de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal.

Por isso, minha recomendação é a plataforma do BTG Pactual digital, onde é possível ter acesso a produtos de diversos bancos e contar com toda a expertise de mais de 35 anos em investimentos e gestão de recursos que só o banco de investimentos BTG Pactual pode oferecer.

Andre Bona
André Bona:

André Bona é educador financeiro, criador do Blog de Valor - site de educação financeira independente - e possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro tendo auxiliado milhares de investidores a investirem melhor seus recursos.

Deixe seu comentário 0