Mais 100: expectativa em nova redução da Selic

Parece que todo mundo, nós inclusive, espera que o Copom reduza a taxa Selic em 100 pontos-base nesta semana (para 8,25). O Copom sinalizou que manteria o ritmo recente de cortes se a economia se comportasse de acordo com o seu cenário central. Essa expectativa parece ter se confirmado, e daí a crença em mais um corte de 100 pontos-base.

‎Não é que não tenha havido surpresas nos dados recentes. Os resultados de inflação têm surpreendido um pouco para baixo, ao passo que os dados de atividade econômica têm surpreendido um pouco para cima. No conjunto, contudo, esses resultados não contrariam, e sim reforçam o cenário base de uma retomada confiável, mas gradual, partindo de um patamar bastante baixo de inflação.

A pergunta passa a ser então o que o Copom dirá a respeito de decisões subsequentes. Esperamos que, para a reunião de outubro, sinalize uma ligeira redução do ritmo de cortes, para 75 pontos-base (sempre sob a condição de que a economia continue se comportando de acordo com seu cenário central). Esse corte de outubro seria, na nossa projeção, o último do ciclo, estacionando a taxa Selic em 7,5%. Mas acreditamos que o Copom vá deixar em aberto, por ora, a possibilidade de uma redução complementar em dezembro, de até 50 pontos-base, que levaria a Selic para o mínimo histórico de 7%.

Deixe seu comentário 0